Como renegociar o crédito habitação com o banco em caso de incuprimento? Esta é uma questão sobre a qual todos devem estar a par. Por isso neste artigo, o Professor Poupança explica-lhe tudo o que precisa de saber e como proceder.

Para muitas famílias, o crédito habitação é um dos maiores encargos financeiros do orçamento mensal, sabia? Na maior parte dos casos em Portugal, a aquisição de habitação própria implica, primeiramente, recorrer a um crédito habitação, para concretizar um dos objetivos mais importantes ao longo da vida. E, nesse sentido, são vários os assuntos para os quais deve estar atento, para que, em caso de imprevistos, não seja apanhado de surpresa.

Motivos que podem levar ao incumprimento no crédito habitação

O incumprimento no crédito habitação poderá ocorrer por diversas razões: quer por baixa médica, desemprego, quer por atraso no pagamento da mensalidade ou até pelo atraso no pagamento de algum crédito, na eventualidade de ter mais do que um.

O Professor Poupança alerta para o seguinte: se o incumprimento se verificar em três prestações sucessivas e, dessa forma, não for possível regularizar a situação no prazo concedido pela entidade bancária, então, o credor poderá invocar a perda do benefício do prazo e resolver o contrato. Isto é, a entidade que providenciou o crédito habitação poderá pedir o montante que falta pagar, na totalidade, e de uma só vez.

Atente ainda:

  • Quando um cliente está em incumprimento fica sujeito ao pagamento de juros de mora, comissões e outros encargos que podem aumentar, assim, a dívida em causa;
  • Sempre que um cliente entra em incumprimento, a situação é comunicada à Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal, o que poderá, posteriormente, refletir-se na avaliação do risco do cliente.

Saiba como pode ser útil proceder à consolidação de créditos.

5 Dicas para renegociar o crédito habitação com o banco em caso de incuprimento

Entretanto, se verificar que os seus rendimentos não lhe permitem fazer um crédito habitação face ao empréstimo contraído, veja as sugestões do Professor Poupança para saber como renegociar com o banco o crédito habitação em caso de incumprimento.

1. Contratar um seguro de proteção ao pagamento das prestações

Em primeiro lugar, deve ter em conta que este seguro deve ser entendido como uma ação preventiva, isto é, deve ser ponderada no momento da formalização do crédito habitação. E, da mesma forma que consulta diferentes entidades bancárias para saber quais são as melhores condições para contrair o empréstimo, consulte também um especialista em seguros para o aconselhar neste assunto.

Assim sendo, como funciona?

Se tiver um seguro de proteção ao pagamento das prestações, este irá substituir o segurado no pagamento das prestações mensais a fim de amortizar a dívida.

Este é um tipo de seguro bastante útil não só em casos de doença ou desemprego, mas também em alturas da vida em que os rendimentos são reduzidos.

2. Dialogar com o banco

Entre as dicas para renegociar com o banco o crédito habitação em caso de incumprimento está uma bem simples de cumprir: dialogar com a entidade bancária onde tem o seu crédito habitação. Portanto, esta é uma excelente forma de justificar o atraso ou dificuldade nos pagamentos mensais e, assim, conseguir a possibilidade de aumentar o prazo do empréstimo para, posteriormente, beneficiar de prestações mais reduzidas, ou ter uma redução da taxa de juro ou até ser-lhe concedido um período de carência.

3. Transferir a dívida para outro banco

A transferência do crédito habitação para outra entidade bancária é mais uma hipótese para reduzir os encargos mensais.

Trata-se de uma boa alternativa para conseguir, principalmente, um spread mais baixo e uma taxa de juro mais atrativa e ajustada à sua condição financeira atual.

Saiba mais sobre taxas de juro no crédito habitação.

4. Pedir uma extensão do prazo de amortização

Em caso de já se encontrar em situação de incumprimento, existe um instrumento legal ao dispor dos clientes de produtos financeiros: o Procedimento Extrajudicial de Regularização de Situações de Incumprimento (PERSI).

Mas, o que é o PERSI?

É um processo de reestruturação de crédito, no qual a instituição financeira deve apresentar ao cliente, no mínimo, uma proposta de renegociação. Depois, segue-se uma fase em que os consumidores negociam com o banco para encontrarem uma solução que beneficie ambas as partes e que pode passar pelo alargamento do prazo de reembolso, concessão de um período de carência ou até num corte da taxa de juro.

Quais os custos?

Estes procedimentos estão ainda isentos de custos, pelo que não é possível serem cobradas comissões. Além disso, se o consumidor já estiver numa fase de insolvência, então, não é possível recorrer ao PERSI.

5. Acionar a dação em cumprimento

Em último caso, o cliente pode entregar a casa ao banco, com a finalidade de extinguir a dívida. Todavia, para levar esta ação a cabo, deve haver acordo com a entidade que lhe concedeu o crédito.

Concluindo

Renegociar com o banco o crédito habitação em caso de incuprimento pode ser uma tarefa mais fácil de realizar se recorrer a especialistas, pedir simulações de crédito, isto com o intuito de perceber se a opção que tem de momento é a mais favorável para o que necessita.