A possibilidade – ou não- de se fazer um crédito habitação com 100% financiamento é uma das questões mais comuns dos portugueses. Neste artigo do Professor Poupança vamos explicar-lhe se é possível adquirir um imóvel sem ser necessário dar qualquer tipo de entrada.

Da mesma forma, que a resposta a este tema é importante, ter o apoio de uma equipa de mediação de seguros a apoiá-lo/a é de fato importante, porque se tratar de uma alternativa segura para quem está à procura da melhor alternativa disponível no mercado.

“Posso fazer um crédito habitação com 100% financiamento?”

Ora, esta é a questão. E a resposta é muito simples e direta: não. Embora, as instituições de crédito não poderem financiar mais do que 90% do valor da escritura de aquisição de um imóvel, há outra maneira de adquirir um imóvel com 100% de financiamento.

Mas já lá vamos. Em primeiro lugar, o Professor Poupança vai-lhe explicar porque é que não é possível fazer um crédito habitação com 100% financiamento.

A explicação sobre o Crédito Habitação

Então, tudo começou com a crise financeira que tem assolado Portugal. Face a esta crise, o Banco de Portugal impôs uma nova lei para a concessão de novos créditos que entrou em vigor no dia 1 de julho de 2018. Esta medida introduziu limites a alguns créditos utilizados na avaliação da capacidade dos clientes cumprirem as suas obrigações, sendo eles os créditos à habitação, créditos com garantia hipotecária e créditos ao consumo.

Mas de fato, o que é que isto significa? Significa que, a partir de julho do ano passado, os bancos não devem emprestar 100% do valor de avaliação ou aquisição, dependendo do valor mais baixo. Ou seja, o rácio LTV (Loan-To-Value) deve ser inferior ou igual a 90% do valor solicitado para créditos à habitação própria ou permanente.

Noutras palavras, esta foi a maneira que o Banco de Portugal arranjou para as instituições bancárias se retraírem nas concessões de crédito, mantendo o mínimo de risco possível.

Então, mas se os bancos não estão permitidos a fazer créditos à habitação com 100% financiamento, como é que se pode adquirir um imóvel com 100% de financiamento?

Em síntese, a solução passa por adquirir um imóvel do banco. Por causa da crise financeira, muitas famílias portuguesas perderam as suas casas (por não conseguirem pagar o seu crédito à habitação). Ou seja, os bancos, de forma a reduzirem o prejuízo, vendem estas mesmas casas com: preços mais reduzidos, isenção no pagamento de comissões iniciais e da comissão de estudo ou a dispensa de realização dos registos provisórios.

Onde pode encontrar estes imóveis?

Os imóveis das instituições bancárias podem ser encontrados nos seguintes sítios:

  • Balcões das instituições bancárias;
  • Websites:
  • de mediadores imobiliários parceiros das instituições;
  • especializados na compra, venda ou arrendamento de imóveis;
  • imobiliários dos próprios bancos.

Critérios a ter para adquirir o Crédito Habitação 100% financiamento

Apesar de todos os bancos disponibilizarem crédito habitação 100% financiamento (através destes imóveis), nem todos os clientes podem ter acesso ao mesmo. Nesse sentido, para poder adquirir um imóvel do banco há certos critérios aos quais deve corresponder. Uma vez que, ao concederem este tipo de crédito habitação 100% financiamento, as entidades bancárias estão a assumir um risco maior, visto que a possibilidade de o cliente não cumprir com os seus deveres é maior.

Assim sendo, que fatores têm os bancos em consideração quando atribuem aos seus clientes este tipo de imóveis? Alguns dos fatores determinantes são os seguintes:

  1. Taxa de esforço: a instituição bancária precisa de ter uma garantia de que o cliente tem capacidade para suportar os encargos associados a este crédito à habitação. Assim sendo, a sua taxa de esforço (percentagem dos rendimentos que são usados para despesas com créditos) não deve ser superior a 33%. Quanto maior for a sua taxa de esforço mais dificuldades terá em pagar as prestações mensais e isso não é favorável para o banco.
  2. Histórico de pagamentos de crédito: se nunca teve problemas com os seus empréstimos anteriores (ex: o incumprimento do pagamento das prestações mensais) então será considerado/a como um potencial cliente. Contudo, se houver antecedentes de incumprimento, pode não ser o candidato ideal para o banco.
  3. Idade: por norma, as instituições bancárias dão preferência aos clientes mais jovens, visto que têm mais tempo e melhores perspetivas financeiras e profissionais para pagarem o financiamento sem entrada.

Agora que já sabe a resposta à questão: “É possível fazer um crédito à habitação com 100% financiamento?”, saiba o que precisa de ter para fazer um crédito à habitação. O seguro de vida associado ao crédito à habitação é um dos fatores obrigatórios. Saiba mais neste artigo do Professor Poupança.